Follow by Email

segunda-feira, 7 de abril de 2014

EU PODERIA TE ESQUECER...

Eu poderia muito bem te esquecer, mas como, se olho para o céu e vejo teu rosto? Quando como um chocolate sinto o teu gosto; é impossível não te sentir no ar que respiro; é incontrolável falar quando a você eu me refiro. Eu poderia muito bem te esquecer, mas como, se parte do teu cheiro ficou em mim? Quando me ensaboo, lembro do teu sabonete de jasmim; é inconsciente te querer na cama; é inconfidente querendo apagar uma chama. Eu poderia muito bem te esquecer, mas como, se já nem sei mais como se faz. Quando te conheci meu coração não teve mais paz; é importante me libertar desta loucura; é incessante esta paixão, que parece tortura.

quinta-feira, 27 de março de 2014

MANIA DE AMOR

Poderíamos estar passeando de mãos dadas pelo jardim
e assim sonharmos com um mundo cheio de fantasia;
Poderíamos estar sonhando com anjos e querumbins
e por fim construirmos um castelo cheio de alegria.

Quando te vi pela primeira vez, senti um frio na barriga;
E assim mesmo depois de um mês, ainda sinto a mesma sensação.
Mesmo que você se considera apenas a minha amiga;
Já não consigo controlar meu coração.

Me vejo sorrindo, achando lindo até suas mancadas;
Me vejo chorando, assim quando não te vejo nem te encontro.
Sou capaz de subir até seu apartamento, correndo pelas escadas,
somente para te ver e pronto.

Contigo quero ser ousado e atrevido,
assim como é este sentimento dentro de mim;
Ficar sozinho deixo no passado e eu duvido
que eu vou ficar assim.

Resolvi sequestrar o seu coração.
vou levá-lo para o quarto encantado dentro do meu peito;
E o resgate será a minha declaração
Que quero morrer com esse amor e não tem jeito.